BIODERM
Olá, cadastre-se ou efetue seu login

O que você procura?

  • Cápsula Inibidora da Vontade de comer Doce
  • Cápsula Inibidora da Vontade de comer Doce
Imagem meramente ilustrativa
  • facebook
  • twitter
  • googlePlus

Cápsula Inibidora da Vontade de comer Doce

Age sinergicamente no organismo acelerando a “queima” de gordura, reduz o apetite e a vontade exagerada de comer doce .

R$ 40,00 38
Formas de Pagamento
Pague com: Visa em Até 3 x de R$ 13,33
  • 1x de R$ 40,00 (sem juros)
Pague com: Master Card em Até 3 x de R$ 13,33
  • 1x de R$ 40,00 (sem juros)
Pague com: Diners em Até 3 x de R$ 13,33
  • 1x de R$ 40,00 (sem juros)
Pague com: Mup Boleto em Até 1 x de R$ 40,00
Pague com: American Express em Até 3 x de R$ 13,33
  • 1x de R$ 40,00 (sem juros)
Pague com: PagSeguro em Até 1 x de R$ 40,00
Pague com: Elo em Até 3 x de R$ 13,33
  • 1x de R$ 40,00 (sem juros)
Pague com: Aura em Até 3 x de R$ 13,33
  • 1x de R$ 40,00 (sem juros)
Pague com: JCB em Até 3 x de R$ 13,33
  • 1x de R$ 40,00 (sem juros)
Pague com: Discover em Até 3 x de R$ 13,33
  • 1x de R$ 40,00 (sem juros)

Ação

Garcinea Cambogia:  O extrato é obtido do pericarpo dos frutos de Garcinia Cambogia e seu principal ativo é o ácido hidroxicítrico que tem como  ação aumentar a “queima” de gordura pela redução dos níveis de malonil coenzima A, que ativa a enzima carnitina acetil transferase. Outra ação do ácido hidroxicitrico é a redução do apetite em função da alteração do fluxo metabólico resultante do desvio de carboidrato da dieta e seus metabolitos da síntese lipídica.


Gymena: obtido das raízes da palnta Gymnema sylvestre é utilizada na medicina tradicional para controlar o nível de açúcar no sangue e eliminar os desejos de hidratos de carbono (desejos incontroláveis de produtos açucarados).
 Num estudo, a administração de Gymnema permitiu reduzir a excreção de glicose pela urina e o açúcar no sangue em 85% dos pacientes diabéticos insulino-dependentes (tipo 1) (Shanmugasundaram, E.R.B., e al. "Use of Gymnema sylvestre leaf extract in the control of blood glucose in insulin dependent diabetes mellitus" Journal of Ethnopharmacology 30: 281-294, 1990).    

 

O resultado varia de pessoa para pessoa, dependendo do estilo de vida de cada um e do uso correto do produto

Dúvidas

Indicação

Inibir o gosto doce da glicose na boca; 

Auxiliando o tratamento do sobrepeso e da obesidade;

Controle maior da hiperglicemia (elevado nível de glicose no sangue); 

Aumenta a secreção de insulina nas células beta do pâncreas.

Composição

Garcinea 450mg 

Gymena 50mg

Excipiente 1 cápsula

 

Modo de usar

1 dose 3 vezes ao dia, 30 minutos antes das principais refeições.

Validade

6 Meses

Advertências

1-ANTES DE INICIAR A UTILIZAÇÃO DO MEDICAMENTO, veja se as informações constantes no seu rótulo estão de acordo com o pedido. Caso haja divergência, favor não iniciar o tratamento e procure o farmacêutico responsável técnico para maiores esclarecimentos.

2-todo medicamento deverá ser armazenado em local fresco, fora de umidade, calor. protegendo da luz solar e de fontes de radiação eletromagnética.

3-seguir corretamente o modo de conservação indicado, conservar em geladeira ou não, mantendo o frasco devidamente fechado após a abertura do mesmo.

4-todo medicamento deve ser mantido fora do alcance de criança.

5-Em caso de qualquer alteração no produto como: odor, sabor, cor, consistência ,procure orientação do farmacêutico.

6-Informar o seu médico a ocorrência de gravidez durante o tratamento e/ou após o seu término e se esta amamentando.

7-Em caso de cápsulas, havendo algodão e/ou cápsulas de sílica no interior do pote, mantenha-os após abertura do mesmo.

8-Não ingerir bebidas alcoólicas durante o tratamento.

9- Alguns medicamentos de uso tópico podem causar irritação na pele, favor consultar o seu médico e/ou farmacêutico.

10-Este medicamento não deve ser utilizado para menores de 18 anos sem orientação de um médico especialista, embora não exista contra indicação de faixas etárias, recomendamos a utilização do produto para pacientes na idade adulta.

11-Manuseio correto de formulas:

11.1-lavar as mãos e secá-las bem antes de manusear qualquer formulação para evitar contaminação.

11.2-formulações em cápsulas - com auxilio da tampa retirar apenas a quantidade de cápsulas desejada, evitando o contato com as demais.

11.3-formulações líquidos orais- antes de reutilizar seringas, copo medidor ou conta-gotas sempre lavar com água corrente para evitar a contaminação.

11.4-formulações de uso tópico- não reutilizar espátulas para aplicação de produtos cosméticos e/ou dermatológicos sem antes limpa-las com água corrente.

11.5-formulações de uso vaginal ou anal- os aplicadores são descartáveis (não sendo reutilizados) exija a quantidade correta para o tratamento.

12-Utilize o produto conforme a orientação, respeite os horários, as doses e o prazo de validade.

13- A eficácia e resultado do tratamento esta ligado diretamente ao uso correto da posologia e dose recomendada pelo profissional habilitado, deve se levar em consideração as diferenças de cada individuo como velocidade do metabolismo, doenças crônicas e genética, não podendo ser considerado um produto que tenha efeitos iguais a todos os indivíduos, caso o resultado não seja o esperado, procure um médico especialista.

14-Consumir o medicamento respeitando o seu prazo de validade, pois pode causar danos a saúde.

15-Não associar medicamentos sem o conhecimento do seu médico. Informe sobre qualquer medicamento que esteja usando antes do início ou durante o tratamento.

16-Alguns medicamentos podem produzir comprometimento significativo no desempenho do trabalho e na capacidade de dirigir no dia seguinte.

 

 

Referências Bibliográficas

BATISTUZZO, J. A. O. Formulário Médico-Farmacêutico 3º e 4ª ed. São Paulo: Pharmabooks, 2006 e 2011. 
LAVALLE, J. B.; et al. Natural Therapeutic Pocket Guide. Edição 2000-2001. Hudson: AphA (American Pharmaceutical Association), 2000. 
ALONSO, J. R. Tratado de Fitomedicina. 1a. Edição. Buenos Aires: ISIS Ediciones,1998. 
SHARAPIN, N. Fundamentos de Tecnologia de Produtos Fitoterápicos. 1a.Edição. Bogotá: CAB, 2000. 
FERREIRA, A. O. Guia Prático da Farmácia Magistral. 2a. Edição. Juiz de Fora, 2002. 
BRINKER, F. Herb Contraindications and Drug Interactions. 1st. Edicion. Sandy: Eletic Institute Inc., 1997. 
boaforma.abril.com.br/.../10-maneiras-faceis-fechar-boca-488685.shtml.

 

*Venda sob prescrição de profissional habilitado, podendo este ser o nosso farmacêutico de acordo com a Resolução 585/2013 do Conselho de Farmácia. Consulte-o!

COMENTÁRIOS


Versão Clássica